24 de mar de 2017


Carta de solicitação de retorno do amor rompido




          Você ainda é a minha namorada, mesmo que diga que não o quer. Sem voltas. Não aceito o olhar de espanto e nem os lábios mordidos com raiva.
          Ah! Não se devolve presentes dados com amor, então não ouse tocar no colar com o nosso símbolo irreal particular do amor inacabável, inabalável, além-mar e além vida. Que continue onde deve estar, em torno do seu pescoço, roçando o coração.
          Não tente atirar os versos mudos que os nossos corpos, juntos, criaram; muito menos a sinfonia de gemidos e sussurros que se perdem entre as paredes para habitar entre as estrelas.
          O que você pode exigir devolver são os beijos! Aqueles trocados em público, aqueles trocados com privacidade, aqueles de sossego e aqueles de exigência total! Não abra mão de retornar o carinho e o prazer, com juros e correção da paixão atrasada. Isso pode ser tolerado.
          Feito isso, estamos prontos para superar o mais recente obstáculo e reiniciar o software do nosso amor indelével.
          Não aceito beicinho por mais tempo do que os beijos de desculpas com os quais lhe torpedearei, porque você sabe que eu morro sem você, e depois de morto continuo a lhe amar, até renascer apaixonado por você.
                    São Paulo, 31 de fevereiro de 1877



Marcelo Gomes Melo


 
 

21 de mar de 2017


O amor causa dificuldades para os casais mais confiantes




 - Você é minha garota?
          - Hã ?!
          - Você é minha garota? Sim ou não?
          - Sim...
          - Você é minha mulher?
          - ?!
          - Você é minha mulher?
          - Sim... Sim. Eu acho que sim.
         - Oh! Minha mulher não me reconhece! Cem anos para responder a uma pergunta simples!
          - Você me pegou, me surpreendeu!
       - O amor é assim, posso te dizer. Surpreendente. Talvez amanhã você possa responder mais rápido.
          - Por que mais rápido?
          - Porque é verdade!
          - Não é tão simples.
          - Não?!
          - Não! O amor é complicado, você não sabe disso?
          - Claro que não, nunca amei antes. Você amou?
          - Porque pergunta?
          - Não estou perguntando mais. Estou indo embora.
          - Vá embora, se você acha que é melhor maneira.
         - Divirta-se. Com a sua falta de certeza. O amor é muito complicado para pessoas como nós.
         - Você é o meu namorado?
         - Sim.



- Você é o meu homem?
- Claro!
          - Estamos de volta à estaca zero. Novamente.
          - Recomeçar do zero é bom para os amantes.
          - O amor  sempre vai ser uma confusão para nós.
          - Hum ... Nós podemos viver com isso. Agora nos beijamos, ok?




 

Marcelo Gomes Melo